• Dra. Clarissa H. Vieira

PSEUDOESTRABISMO ou FALSO ESTRABISMO

Pais observadores às vezes têm a impressão de que os olhos da criança estão tortos. É frequente isso acontecer ao olharem fotografias. Existe uma condição que pode nos confundir: é o chamado pseudo (ou falso) estrabismo. Em outras palavras, parece mas não é! Somente um profissional especialista em oftalmologia infantil poderá avaliar se se trata de estrabismo verdadeiro ou se é um caso de pseudoestrabismo. Por isso a recomendação de se levar a criança ao oftalmopediatra.

Crianças, principalmente as mais novas, ainda não completaram o desenvolvimento da face. Dessa forma, a parte óssea que fica entre os olhos, que constitui a base do nariz (conhecida como 'ponte' do nariz) ainda não formou sua protuberância definitiva, ficando nos primeiros anos um pouco achatada para os lados. Assim, a prega de pele no canto interno de cada olho se lateraliza e se aproxima mais da parte colorida do olho (íris por trás da córnea), escondendo um pouco a parte branca (conjuntiva e esclera). Com isso, pensamos que os olhos estão tortos, quando na verdade é a configuração anatômica da região que nos causa esta impressão. Seria uma ilusão de ótica?!

Trocadilhos à parte, sempre recomendamos: na dúvida, procure um oftalmopediatra! Pode ser que se trate de um estrabismo verdadeiro. Saiba mais sobre esta condição aqui.

©2017 Bem te Ver® - design by Ideiário

contato@bemtever.com.br (31) 99646-0002

  • Facebook - Bem te Ver
  • Instagram - Bem te Ver